A Âncora da nossa Alma

26/07 a 01/08/2021

Quebra-gelo: Muitas pessoas vivem uma vida desgastante porque não conseguem confiar em ninguém para nada. Algumas dessas pessoas, de tão feridas, chegam a transmitir aos filhos o ensinamento de que não podem confiar em ninguém, somente sem si próprias. É uma vida um tanto quanto cansativa. Não poder descansar, ou ter com quem contar na hora da luta, acaba com nossa esperança de uma vida mais tranquila e feliz.

Você sabia? A âncora é o símbolo geralmente usado para representar a esperança. Para os marinheiros, poder baixar a âncora em meio à tempestade, significa refugio, ou seja, é a esperança de se salvarem.

Textos: Hebreus 6.17-20. O que a Bíblia diz a respeito disso? As decepções na nossa vida são inevitáveis. Muitas pessoas, porém, se machucam tanto, a ponto de não conseguirem mais acreditar e confiar em ninguém. Como na curiosidade citada acima, um navio em meio à tempestade forte, precisa encontrar lugar onde possa baixar sua âncora a fim de não ser mais agitado de um lado para outro e dessa forma, evitar uma tragédia. As tempestades que têm rondado nossas vidas nos últimos tempos (Pandemia, UTI, mortes, isolamento social, ameaças de abalos econômicos e político, etc.) têm feito com que muitas pessoas sejam agitadas de um lado para outro sem saber onde podem ancorar suas vidas. Se acreditarmos na palavra dos cientistas, dos médicos, dos estudiosos ou críticos, podemos nos frustrar. É necessário que haja esperança para que possamos continuar firmes em nosso interior, mesmo que a tempestade ainda esteja ao nosso redor. Porém, num mundo de tantas mentiras e falsidades, tantos horrores e traições, onde podemos encontrar esperança? O texto que lemos nos fala que a esperança é a âncora da nossa alma, ou seja, precisamos dela para que possamos permanecer firmes e estáveis em meio a um mundo tão abalável. Então, ao invés de procurarmos esperança onde realmente não existe, precisamos aprender que somente há esperança em Deus.

I – Jesus é a própria esperança. Vemos na Bíblia, que o mundo estava completamente perdido e sem esperança. A Lei era pesada demais e as pessoas desejavam uma reforma de forma geral em suas vidas. Entendiam que precisavam de uma reforma política, econômica, social e até mesmo espiritual. Jesus veio ao mundo exatamente para suprir essa carência, Ele era a própria esperança. Mas Jesus não era a esperança somente para aquele tempo, Ele continua sendo para os nossos dias. Não existe esperança fora de Jesus. Para que nossa vida volte a ter vida, é necessário que Jesus traga essa reforma que precisamos e que nos faça entender que Nele temos tudo aquilo que é necessário para voltarmos a acreditar que coisas boas estão por vir, que há algo maravilhoso sendo preparados para os que buscam a Deus de verdade. Jesus é a própria esperança, Ele é a âncora que precisamos para a nossa vida.

II – Essa âncora é inabalável. Diferente de qualquer outro lugar onde você busque depositar sua confiança na tentativa de resgatar sua esperança, Jesus é a âncora inabalável. O texto nos fala que Deus mostrou mais firmemente a imutabilidade do Seu propósito, ou seja, Ele estava mostrando aos seus herdeiros o quanto podemos confiar Nele e depositar Nele a nossa esperança, pois é ela que serve de âncora para a nossa alma. Isso quer dizer que independente das circunstâncias, independente das coisas que vemos e ouvimos, podemos ter a convicção de que por mais forte que seja a tempestade, ela não poderá nos destruir, pois estamos ancorados Nele. A esperança é o que de fato nos mantém firmes.

III – Decida ancorar sua alma em Jesus. Há muitas coisas nas quais podemos acreditar. Em todas elas, encontraremos algum sentido ou alguma palavra que venha a aliviar o nosso coração. Porém, todas elas, podem em algum momento cair por terra, mas não Jesus. Nós temos a oportunidade de voltar nosso coração para as palavras do mundo, da ciência, do conhecimento de alguém, mas podemos hoje decidir voltar o nosso coração para a palavra de Jesus. Se compreendermos que Nele estaremos seguros e guardados na verdadeira esperança, então teremos encontrado vida novamente.

Desafio: Avalie sinceramente onde você tem ancorado sua alma. Sua esperança está em Jesus somente ou você tem tido esperança em outras coisas? Perceba se você tem se sentido ansioso com as notícias ruins.

Conclusão: As circunstâncias e a falta de esperança nos atiram de um lado para o outro. É necessário que a nossa alma esteja ancorada em Jesus que é a própria esperança. Você gostaria de estar ancorado em Jesus? Então coloque a mão em seu coração e vamos orar.