Porque Alguns Vão para Emaús?

Texto Base: Lucas 24.13-33

Estamos vivendo um momento muito chave dentro do Projeto Resgate. É hora de fazermos contatos com as pessoas que se afastaram da Igreja. O texto citado nos revela

que ir atrás dos perdidos é algo que está realmente no coração de Deus.A história descreve a grandeza do amor de Jesus diante daqueles que se desviam do caminho da verdade. Depois de ressurreto, Jesus já estava pronto para sair dessa terra,

principalmente depois de ter passado pela cruz e ter sofrido tanto em prol da humanidade, ele decidiu adiar sua volta para ir atrás de seus discípulos. Não é revelado

quase nada sobre os personagens, mas tudo nos leva a crer que eram pessoas muito próximas a Jesus, pois são descritos como seguidores de Cristo.

Aprenderemos através dessa história algumas estratégias usadas por Jesus que podem nos ajudar muito quando chegar a nossa vez de irmos atrás dos desgarrados.

 

1. IR ATRÁS DO PERDIDO.

V15 o próprio Jesus chegou perto e começou a caminhar com eles. Jesus foi rápido em tomar a decisão de ir atrás dos seus discípulos.

Os discípulos já estavam longe de Jerusalém (trazendo para os nossos dias, seria como a Igreja hoje). Existem pessoas que já estão há muito tempo longe de Deus, mas nunca é

tarde para tentar trazê-las de volta. Aqui percebemos que nada foi agendado formalmente, ele simplesmente foi sem avisar; até porque naquele tempo não tinha os

recursos que temos hoje (telefone, Email, correios etc.).

 

2. SABER OUVIR COM PACIÊNCIA E FAZER AS PERGUNTAS CERTAS.

V17 – “Então Jesus perguntou: O que é que vocês estão conversando pelo caminho?”.

Jesus procurou identificar o motivo pelo qual eles haviam se afastado, por isso Ele ouviu com muita paciência o que eles estavam discutindo pelo caminho. Certamente os

discípulos estavam vivendo um grande dilema, eles tinham expectativas em Jesus que não foram supridas, e muitos estão vivendo este mesmo conflito. Só poderemos ajudar

uma pessoa se conseguirmos entender qual foi o verdadeiro motivo que a levou afastarse de Deus.

 

3. ESTAR PRONTO PARA SER QUESTIONADO OU ATÉ MESMO ACUSADO SEM AGREDIR A PESSOA.

V19 – Jesus quando questionado, não revidou, simplesmente com muita naturalidade perguntou o que estava acontecendo. Os discípulos estavam acusando Jesus de tê-los enganados. Naquele momento eles não o

reconheceram, mas Jesus recebeu toda carga que estava no coração deles.

 

4. TER PACIÊNCIA PARA TRATAR A DIFICULDADE DA PESSOA.

V27 – “E começou a explicar todas as passagens das Escrituras Sagradas que falavam dele,iniciando com os livros de Moisés e os escritos de todos os Profetas”. Talvez Jesus já

tivesse trabalhado muito tempo com aqueles discípulos em aconselhamento, ensino etc. Com muitas dessas pessoas teremos que começar o discipulado tudo de novo.

 

5. “A IMPORTÂNCIA DA COMUNHÃO.”

V30 – “Sentou-se à mesa com eles, pegou o pão e deu graças a Deus. Depois partiu o pão e deu a eles.” A comunhão foi um fator fundamental para ajudá-los a abrir o entendimento. Quando estamos em comunhão

nos sentimos amigos chegado ou até mesmo parte da família, passamos a ter o mesmo pensamento e compartilhamos de nossa intimidade. Ficamos ligados uns aos outros e sentimentos são compartilhados.

O resultado de tudo isso não pode ser outro. V33 – “Eles se levantaram logo e voltaram para Jerusalém, onde encontraram os onze apóstolos reunidos com outros

seguidores de Jesus”. É isso que irá acontecer, os desviados voltarão para a Igreja e juntos faremos uma grande festa de boas vindas para eles, pois eles merecem, são nossos irmãos em Cristo.

Marcos Pr. Marcos Pereira